Saiba qual o perfil do comprador de imóveis em 2020

Saiba qual o perfil do comprador de imóveis em 2020

Saiba qual o perfil do comprador de imóveis em 2020

Para fazer bons negócios no ramo imobiliário exige que você, proprietário ou investidor, conheça quem está interessado no assunto ou em comprar imóveis. Afinal, conhecer o

perfil de um comprador de imóveis é extremamente importante no fechamento de uma negociação ou no início de uma venda.

Conhecendo as características dos compradores. Desde suas preferências, idade, qual bairro deseja investir e etc, é possível fechar negócio de forma assertiva, o que, como consequência, aumenta as possibilidades de fechar novas compras e atrair ainda mais interessados para o imóvel em questão.

Pensando em melhorar as negociações e ajudar muitos proprietários de imóveis que desejam investir no ramo imobiliário, mostraremos o perfil do comprador de imóvel no Brasil hoje.


→ Perfil do comprador de imóveis hoje

Na última década, o Brasil passou por mudanças positivas em sua economia. Com isso, os brasileiros passaram a comprar imóveis mais cedo, e cada vez mais novos. Com essa informação podemos entender um importante aspecto desse perfil: a idade média do comprador de imóvel. Considerando que os consumidores realizam compras mais cedo, atualmente, o comprador médio de imóveis tem aproximadamente 30 anos — um dado muito diferente se comparado aos anos anteriores, quando a faixa média de idade era em torno dos 40 anos ou mais. Além disso, antes, o comprador médio era pertencente à classe média alta, e hoje outras classes econômicas também entraram nessa estatística de compradores de imóveis.

Pesquisas recentes ligadas ao ramo imobiliário, traçam de forma ainda mais assertiva o perfil do comprador de imóvel. Algumas das informações mais importantes são:

  • Aproximadamente metade dos compradores é solteiro;

  • Mais de 40% ganham mais de 10 mil reais;

  • Mais de 75% têm um alto nível de escolaridade;

  • Mais de 50% têm pelo menos um filho.


Tratando-se de classe econômica, o público pertencente à classe B está comprando menos e alugando mais. O tipo de imóvel mais procurado é um apartamento com dois quartos e com boa localização. Nas grandes cidades, esse tipo de imóvel é preferido próximos aos metrôs, por exemplo.

Já o público da classe C, na maioria das vezes, buscam por programas do governo, como o “Minha Casa Minha Vida”. Em geral, como possuem uma renda mais baixa, o financiamento é a melhor opção.


→ Prioridades na compra de um imóvel

A localização sempre se manteve como uma das principais prioridades ao comprar um imóvel. Dessa forma, o atual perfil do comprador de imóvel não vê problema em escolher um espaço menor, desde que isso signifique uma boa localização, na qual perde menos tempo para se locomover até o trabalho diariamente, por exemplo.

Devemos considerar ainda que a maioria dos compradores acabam comprando um imóvel diferente do que procurava no início. A média de idade é de 30 anos, a maioria pode ter acabado de sair da casa dos pais, imóvel no qual, provavelmente, havia cerca de 90 metros quadrados. Dessa forma, eles buscam por um lugar com 72 metros quadrados em média, mas acabam comprando um imóvel menor, de 62 metros quadrados. A busca sempre começa por imóveis com espaços maiores, mas, devido ao alto valor, acabam dando prioridade e escolhendo imóveis com espaços mais compactos ou em uma localização mais afastadas da desejada, por exemplo.


→ Características importantes

Em média, o comprador procura por imóveis com cerca de 70 metros quadrados e 2 quartos.

Segundo uma pesquisa, realizada pela área de Inteligência de Mercado, na região metropolitana de São Paulo, e em grande parte do estado, o perfil do comprador de imóvel é:

  • 76% dos compradores têm um alto grau de escolaridade;

  • 56% são solteiros;

  • 52% têm filhos;

  • Sua renda média por mês gira em torno de R$ 8 mil;

  • 41% ganham acima de R$ 10 mil;

  • 89% dos compradores fazem um financiamento, comprometendo 31% de sua renda;

  • Para 43%, a localização é o que mais afeta a decisão de compra;

  • A busca por um imóvel dura em média quatro meses.


Claro, diante dos dados acima, devemos considerar que esse perfil muda a cada região. Porém, é perceptível uma predominância do perfil masculino nos compradores de imóveis, que procuram, entre outros fatores, independência econômica e financeira dos pais ou, ainda, realizar um investimento. Mesmo assim, não devemos menosprezar o perfil das mulheres que, hoje, vem tomando força no ramo imobiliário e se caracterizando como investidora.


Por fim...

O conceito de comprar um imóvel mudou. Hoje, há mais facilidade de crédito e melhores condições de pagamento, como o financiamento. Além disso, os compradores estão sendo estimulados a comprar um imóvel cada vez mais cedo, o que antes não acontecia. O pensamento de que é preciso casar para então sair da casa dos pais mudou. O perfil do comprador de imóvel atual procura independência financeira o quanto antes.

A partir do perfil de compradores de imóveis os proprietários, com o auxílio de uma imobiliária de confiança, poderão potencializar suas vendas e investir muito mais no ramo.

Gostou desse artigo? Clique aqui e fique por dentro de todos os conteúdos da Imobiliária Jaú.

Fonte: Casa Mineira

Copyright © - Todos os direitos reservados.