Vai viajar? 5 dicas de segurança para o seu imóvel

Vai viajar? 5 dicas de segurança para o seu imóvel

Vai viajar? 5 dicas de segurança para o seu imóvel

Para morar bem temos que considerar um fator importante e que pode nos tirar a paz se não resolvermos o quanto antes. Estamos falando da segurança da nossa residência e, principalmente, da nossa família.

Quem mora em apartamento tem uma preocupação um pouco menor com isso devido à maioria dos empreendimentos disporem de uma portaria onde só é permitida a entrada de pessoas que moram no prédio ou convidados mediante confirmação com o morador que receberá a visita.

Ainda que morar em uma casa seja considerado um pouco mais perigoso, há milhares de formas de blindar o seu ambiente tornando-o seguro para morar com tranquilidade e sem ter preocupações com isso, principalmente na ausência dos moradores nos períodos de férias. Separamos algumas dicas para garantir melhor a sua segurança:

  1. Muros baixos exigem uma cerca ou grade de arame para evitar que sejam utilizados como passagem para dentro do imóvel. Levante mais os muros que cerceiam a casa se necessário ou cerque-a com equipamentos para ter mais segurança.

  2. Utilize fechaduras reforçadas, com combinações de senha ou identificadores de digitais. O custo desse tipo de tecnologia é mais alto, portanto utilize apenas se você tiver condições ou considerar necessário. Alguns trincos extras por dentro ou travas de segurança já podem ser uma boa solução, ideal para quem não está disposto a comprar equipamentos deste tipo.

  3. Alarme de segurança é uma alternativa que certamente vai proporcionar maior tranquilidade e segurança na sua casa. O som que os alarmes emitem é bastante alto e chama muito a atenção, levando o foco de todos os vizinhos para a sua residência.

  4. Câmeras com acesso remoto garantem que você possa vigiar a sua casa mesmo quando estiver fora dela. Alguns aplicativos de celular de empresas com esse tipo de serviço permitem que você acesse todas as câmeras instaladas mesmo que esteja viajando, por exemplo. De dentro de casa, é possível habilitá-la para ter acesso a quem está no seu portão ou checar barulhos incomuns na área externa.

  5. Portões eletrônicos são uma alternativa para dificultar o acesso à sua casa. O simples exercício de ter que descer do carro para abrir o cadeado do portão, deixá-lo aberto, retornar ao carro e só então entrar com ele na casa pode ser perigoso e alvo de aproveitadores. Os portões acionados por controle podem ser abertos e fechados a distância, acelerando o processo de entrada na garagem e tornando mais complicado o acesso à casa por outros.


Essas são tecnologias que podem ser utilizadas para aprimorar a segurança do seu lar, mas não se esqueça que alguns hábitos devem ser adotados por todos os moradores da casa para ajudar a prevenir visitas indesejáveis e mal-intencionadas, principalmente nos períodos de férias. Durante a ausência da família, certifique-se também de que uma pessoa possa ir até a sua residência. Assim você terá tranquilidade neste período e seu patrimônio bem cuidado.

Agora que você conferiu todas as dicas, responda: a sua casa está segura? Comece a repensar os itens que podem ser melhorados e garantir a sua segurança e de sua família.

Copyright © - Todos os direitos reservados.