O que todo inquilino deve saber sobre a conservação de um imóvel

O que todo inquilino deve saber sobre a conservação de um imóvel

 

O que todo inquilino deve saber sobre a conservação de um imóvel

Ter o nosso cantinho é sempre muito bom. Mesmo que seja um imóvel alugado, nada melhor do que termos um lugar para chamar de lar. Mas além de toda euforia e felicidade de alugar um imóvel, saiba que você também possui deveres quando o assunto é a conservação dos espaços.

Se já alugou ou pretende fazer a locação de uma casa ou apartamento, não deixe de dar uma olhadinha nas melhores práticas para manter o imóvel sempre em bom estado. Você não vai querer arcar com custos de obras de reparos adicionais no momento que for entregá-lo, vai? Então, continue acompanhando o artigo e confira as nossas dicas!


→ O que diz a Lei do Inquilinato?


Além de estabelecer uma série de responsabilidades para o locador, a lei do inquilinato também prevê obrigações para quem aluga, geralmente, estão previstas em contrato. Para que você entenda quais são as suas obrigações relacionadas à conservação do imóvel, confira os deveres do locatário:

  • Entregar o imóvel, ao fim da locação, no estado em que o recebeu (constatado em vistoria), salvo os desgastes naturais;

  • Realizar a imediata reparação dos danos verificados no imóvel, ou nas suas instalações, provocadas por si, seus dependentes, familiares ou visitantes.

  • Não modificar a forma interna ou externa do imóvel sem o consentimento prévio e por escrito do locador.


A lei do Inquilinato prevê muitos outros deveres e responsabilidades tanto para o locador quanto do locatário, mas como estamos tratando sobre a preservação do imóvel, vamos nos ater apenas a esses trechos. Agora que você já sabe quais são as suas obrigações enquanto inquilino, vamos às dicas que, certamente, garantirão um período de aluguel tranquilo e sem dores de cabeça.

 

→ As melhores práticas para manter o bom estado do imóvel


Para te ajudar a entender como preservar o imóvel da forma mais adequada, separamos os principais cuidados por partes. Vamos lá?


→ Pisos e Revestimentos


Com a correria do dia a dia, muitas vezes, nem conseguimos olhar para o imóvel com todo cuidado que deveria. Mas para manter sempre as melhores condições, preste bastante a atenção nos pisos e revestimentos, que precisam de limpeza regular e também o uso de produtos para tirar manchas e resíduos.  Caso ocorra a quebra de algum piso ou azulejo, providencie a rápida substituição.


→ Pintura e rejuntes


Não tem para onde correr, pois, infelizmente, as condições climáticas podem danificar alguns componentes do imóvel. Caso verifique alguma infiltração que comprometa a pintura é bom procurar um profissional especializado para te auxiliar a fazer o reparo o mais rápido possível. Na hora de fazer a limpeza das paredes, nada de produtos químicos; a melhor forma de limpá-las é com água e sabão para não danificar a pintura.

Assim como as paredes, os rejuntes também precisam ser limpos periodicamente com água, detergente ou sabão neutro para evitar infiltrações. Recomenda-se que a manutenção seja feita uma vez por ano.


→ Elétrica e hidráulica


Por ser elementos que ficam sempre escondidos, muitas vezes, nem lembramos que todo o cuidado é pouco quando o assunto são as partes elétricas e hidráulicas. Caso perceba umidade e vazamento é bom se preocupar, pois os problemas podem se tornar muito maiores. Fique sempre de olho nas torneiras e nos registros para observar se há vazamentos ou danos. Os sistemas de descarga e ralos precisam ser limpos de forma regular e, sempre que puder, faça uma inspeção para verificar se não há entupimentos ou obstruções. Na parte elétrica, mantenha sempre os equipamentos e quadros limpos para evitar problemas maiores.


→ Jardins e área externas


No caso de casas que possuem área externa todo o cuidado é pouco. Faça sempre a poda das árvores e a manutenção do gramado, jardim ou horta, mesmo porque são os cartões de visita do seu lar. Se precisar, contrate um profissional que sabe cuidar das plantas e árvores da forma correta.


→ Calhas e telhados


É muito comum que os locatários esqueçam da manutenção das calhas e telhados, afinal, nem olhamos muito para cima, não é mesmo? Essas partes da casa podem acumular folhas e galhos, o que pode entupir as calhas e causar um dano ainda maior. Verifique sempre se as telhas não estão quebradas ou desencaixadas, para evitar o surgimento de goteiras ou infiltração.

A verdade é que esses são apenas alguns dos cuidados que precisa ter com o imóvel, mas se você tiver aquele chamado senso de dono, essas boas práticas farão parte da sua rotina de uma forma muito natural. Sem contar que, no momento que for entregá-lo, você evitará gastos adicionais com reparos e reformas.

Agora que você já sabe como manter um imóvel sempre conservado, saiba que as melhores opções você sempre encontrará na Imobiliária Jaú. Entre em contato clicando aqui, e fale direto com a nossa equipe.

 

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos e familiares e siga nossas redes sociais — FacebookInstagram YouTube — para ficar sempre por dentro das novidades e dicas sobre o mercado imobiliário.

 

Copyright © - Todos os direitos reservados.