Saiba como usar o FGTS na compra de um imóvel

Saiba como usar o FGTS na compra de um imóvel

como usar o FGTS na compra de um imóvel


Adquirir a casa própria é o sonho de todo brasileiro. Deixar de pagar aluguel, fazer aquela reforma em um imóvel que é seu, a segurança de uma moradia, tudo isso envolve objetivos de vida, não é mesmo?

Infelizmente comprar um imóvel não é tarefa fácil. Muitas vezes, envolve planejamento financeiro. Mas você sabia que há recursos que contribuem ou facilitam a aquisição de um novo imóvel? Além dos financiamentos, você pode usar o seu FGTS para comprar imóvel. Isso é um assunto que gera muitas dúvidas. Aqui na Imobiliária Jaú, por exemplo, muitos sonhos foram realizados com a compra de casas e apartamentos usando o FGTS.

O que é o FGTS?

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço é um benefício garantido em lei pago pelo empregador ao funcionário e depositado na Caixa Econômica Federal. Inicialmente, trata-se de um recurso utilizado como reserva financeira em caso de demissão. Porém, em determinadas condições e regras, você pode usar o seu FGTS para comprar um imóvel, mesmo estando empregado, em caso de doença grave ou aposentadoria, sendo estas as ocasiões possíveis de usar o Fundo de Garantia sem demissão.

Mas como usar o FGTS para comprar um imóvel?

O uso desse recurso se aplica em determinadas condições. Você pode usar o valor integral ou apenas parte do Fundo de Garantia arrecadado. Mas para isso, é necessário se enquadrar às seguintes regras:

  • Ter pelo menos acumulado 3 anos de carteira assinada. Não são anos consecutivos. Pode ficar sem trabalho por 1 ano, mas a soma total precisa chegar a ter 3 anos de carteira.

  • Não ser proprietário de outro imóvel na mesma cidade que pretende adquirir novo imóvel com o FGTS. E essa regra se aplica até mesmo caso tenha imóvel ganho por herança.

  • Não ter financiamento ativo no Sistema Financeiro de Habitação.


Que tipo de imóvel é possível comprar com o FGTS?

A primeira regra é que há um limite no valor do imóvel, que deve ser de no máximo R$ 700 mil, de acordo com preço estipulado pelo Sistema Financeiro de Habitação vigente, ou seja, esse valor é alterado com frequência de acordo com o setor financeiro.

Outra regra importante é que o imóvel deve estar localizado na área urbana e ser utilizado apenas para moradia. Sendo assim, não pode ser usado para fins comerciais, como locação às empresas e nem alugar para outras pessoas.

O recurso também pode ser usado para quem deseja construir um imóvel. Isso mesmo, se já tiver um terreno no seu nome, os valores do FGTS podem ser usados para a construção, financiando assim a compra dos materiais, por exemplo.

Na prática, como retirar o FGTS para moradia?

É preciso que um agente financeiro, como banco ou instituição de crédito, peça para a Caixa Econômica Federal acesso ao FGTS do trabalhador com provas que o interessado no imóvel se enquadre nas regras aqui citadas. A Caixa apenas regulamenta e controla os recursos do Fundo de Garantia, não é preciso ter produto no banco estatal.

O trabalhador não terá acesso direto aos valores. Se tudo estiver certo, dentro do prazo a ser estimado o valor solicitado é depositado diretamente à conta do vendedor do imóvel.

Mas vale salientar que o processo depende também da aprovação de financiamento e outras documentações financeiras que podem atrasar a alocação dos valores do FGTS, que pode levar em torno de 90 dias.

Quer usar FGTS para comprar um imóvel em Jaú? A Imobiliária Jaú conta com uma equipe de corretores altamente capacitados e credenciados para te ajudar na escolha do imóvel ideal.

 

Copyright © - Todos os direitos reservados.